Tuesday, October 30, 2007

Homem

Um homem só está completo se tiver uma esposa e muitas cicatrizes...

Tô quase lá; só falta a esposa!

Mão esquerda: machuquei ontem, prendendo e arrancando pele numa corrente e catraca.

Nesse caso, eu estava consertando a peça quando sofri o acidente.


Mão direita: machuquei hoje, na mesma corrente e mesma catraca...

Nesse caso, eu estava utilizando a peça, já arrumada.

Saturday, October 27, 2007

Banff

Hoje, acordei mais tarde que o normal (5:15 A.M, contra 4:40 A.M durante a semana); me preparei e fui pro trabalho. Deveria fazer a inspeção do caminhão e sair, no mais tardar, as 7:00 A.M. pro serviço em Airdrie.
Após 2 horas tentando ligar o caminhão (a diesel) no frio de -5 graus Celcius, fui mandado embora.
Liguei pro Gaúcho e consegui carona pra Banff.

Subimos Sulphur Mountain a pé em 1 hora e 10 minutos, fotografamos e descemos de gôndola.
Curiosidade: Quando chegamos no cume, a temperatura do ar era de -5 graus Celcius, e a sensação térmica era de muito mais frio, talvez,-20 graus... Mas logo um chinook (vento quente) bateu, e, em meia hora, a temperatura do ar já era de + 10 graus! Choque térmico!

Também saímos fotografar Elk na cidade e no campo de golf.

Subimos a pé...
Chegamos lá

Gaúcho alimentando um passarinho com um pedaço do MEU sanduíche

Algum Brasileiro foi vandalizar a estação em Sulphur Mountain...

(Ainda por cima, o imbecil escreveu o nome fora de foco...)

Elk na cidade, comendo as plantas de alguém...

Observando se descobre a localização do rebanho...

Rebanho de Elk

Nas palavras do Pedro Bial, "isso é coisa de veado".

Pra quem não acredita, voltamos!

Wednesday, October 24, 2007

Meu problema é...

1 CT Scan (tomografia do cérebro)
5 Raios-X
2 visitas a neurologistas
2 exames de reflexo
1 MRI (ressonância magnética)
1 conductivity test (teste de condutividade dos nervos)
Quase dois meses depois ...
Pra descobrir que meu problema é "doença de caminhoneiro"...
O novo neurologista falou que já viu esse problema muitas vezes (é sempre com o braço esquerdo) : o motorista, enquanto espera a carga, apóia o cotovelo na janela e apóia o peso da cabeça na mão, apertando o nervo e causando todo esse problema!
Não posso mais apoiar o peso nesse cotovelo por algum tempo (queria trocar de caminhão, por um de mão inglesa), nem posso dormir com o cotovelo flexionado por algum tempo...
Mas, antes de dar o veredito final, o médico foi profissional e fez exames (conductivity test) pra certificar que a deficiência neurológica era de fato no cotovelo!
Viram só? Nem coração, nem derrame!
Vou esperar pra ter esses problemas após os 60 anos de idade!
Obrigado a todos que oraram por mim! E, se o tempo permitir, vou aceitar as recomendações do Bagual e tantas outras pessoas, e tentar acupuntura!
Captain Forr

Kananaskis II



O mesmo lugar, duas semanas depois...

Friday, October 19, 2007

Outono/Fall

Há 3 finais de semana, Eu, o Bagual, o Alemão, o Gaúcho e a Morena fomos à Kananaskis dar um tchau pro Bagual, que voltou ao Brasil.
As árvores estavam lindas, com as folhas amareladas, se preparando pra "hibernar"!
Nevou, e chegamos até a ver um avalanche numa montanha do outro lado do lago. O som é maravilhoso!
Semana passada, eu e o Gaúcho voltamos. As folhas já tinham caído e a neve, derretido.
Fomos no dia certo despedir do Bagual.




Por incrível que pareça, esta foto não é P&B; foi feita (e está) em cores!

A morena viu neve pela primeira vez na vida...